segunda-feira, 27 de abril de 2009

Super Mario Forever

Baixe o jogo, clique aqui.

---------------

Mario Forever é uma homenagem de fãs poloneses ao consagrado jogo Super Mario 3, da Nintendo. Nele você enfrentará diversos inimigos e encontrará muita aventura durante sua jornada pelos mundos e fases do jogo, cada uma com seu chefão.

O jogo é uma boa para quem deseja relembrar os velhos tempos de Mario 3 e também para quem quer encarar um desafio que fica mais difícil a cada fase. Mario Forever é considerado por uma grande parte dos usuários, como o melhor remake do verdadeiro Mario já criado para o computador.

Os gráficos e a trilha sonora do game são muito semelhantes a versão original, dando ainda mais um clima de nostalgia. Você também poderá mudar os comandos nas opções (Options) se desejar selecionar suas teclas preferidas.

História

Tudo começou em 1980 quando Shigeru Miyamoto, criador da maior parte dos jogos da Nintendo, desenvolveu um jogo chamado Donkey Kong, onde Mario aparece pela primeira vez como o "Jumpman", um carpinteiro que tinha como missão salvar Pauline, a namorada do gorila Donkey Kong. Após perceberem que o "Jumpman" parecia Mario Segali, um italiano funcionário da Nintendo em Nova York, ele recebeu o nome de Mario, pelo qual é conhecido até hoje.

Com o lançamento de Mario Bros, aparece Luigi, o irmão de Mario, que deixa de ser um carpinteiro e passa a ser um encanador, para depois se tornar um super-herói em Super Mario World. Assim, Mario virou o mascote da Nintendo e se tornou mundialmente famoso, ganhando uma ampla gama de jogos estrelados pelos irmãos Mario, como Mario Kart, Mario RPG, Dr. Mario, Mario Golf, etc.

---------------

Baixe o jogo, clique aqui.

Olha que incrível

- Escreva no 'Word' em letras maiúsculas: "Q33 NY" (Referente à quadra 33 de Nova Iorque, que é onde estavam as torres gêmeas do dia 11 de setembro de 2001).

- Selecione e Aumente o tamanho da letra para 72.

- Selecione e mude o tipo de letra para Wingdings.

Veja o resultado...

----------

Sugestão do Gustavo Moreno (DK)

Nascar é foda

Brad Keselowski e Carl Edwards fizeram a última volta grudados. Na reta, Keselowski tentou a ultrapassagem por dentro, os dois se tocaram e Edwards decolou. Bateu então no carro de Ryan Newman, que vinha atrás e acertou o alambrado, ferindo oito torcedores.

Acabou? Não.

Com o carro destruído, pegando fogo, a poucos metros do fim, Edwards saiu correndo até a linha de chegada. Foi seu modo de completar a prova.

Para Keselowski, foi a primeira vitória. Mas acho que ninguém vai lembrar disso. O que ficará serão as cenas abaixo.



----------

Vi em:
http://fabioseixas.folha.blog.uol.com.br

P.S.: Ao invés de transmitir a Formula Indy, não sei por que as grandes redes de televisão não transmitem a Nascar. Lá o bicho pega!!!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

A história da marvada

Momento Manguaça Cultural

Antigamente, no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em um tacho e levavam ao fogo. Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse. Porém, um dia, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou. O que fazer agora?

A saída que encontraram foi guardar o melado longe das vistas do feitor. No dia seguinte, encontraram o melado azedo fermentado. Não pensaram duas vezes e misturaram o tal melado azedo com o novo e levaram os dois ao fogo.

Resultado:

o 'azedo' do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formando no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente. Era a cachaça já formada que pingava.

Daí o nome 'PINGA'.

Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de 'ÁGUA-ARDENTE'.

Caindo em seus rostos escorrendo até a boca, os escravos perceberam que,com a tal goteira, ficavam alegres e com vontade de dançar. E sempre que queriam ficar alegres repetiam o processo.

(História contada no Museu do Homem do Nordeste)

Presentão de 40 anos da revista Veja

Para vocês um Link de acesso a todas as revistas Veja, editadas pela Abril nesses últimos 40 anos. Da capa à contra-capa, incluindo todas as páginas.

É um trabalho impressionante e creio que servirá como fonte de consulta e garimpagem de dados para efetivação de eventuais trabalhos de pesquisa, principalmente para quem tem filhos na escola ou está na faculdade.

A revista VEJA abre todo o seu acervo de 40 anos de existência na internet.

Todas as edições poderão ser consultadas na íntegra em formato digital no endereço


http://veja.abril.com.br/acervodigital/

Doa-se cachorro com a pata fodida

Abaixo, a imagem do cachorro com a pata fodida...

sábado, 11 de abril de 2009

Um título!!! Um título!!!



----------

Paródia da propaganda da Amanco - América Latina com os 4 grandes do futebol de São Paulo (São Paulo F. C., Santos F. C., S. E. Palmeiras e S. C. Corinthians P.), na qual um dos personagens, o brasileiro, descobre que a Amanco está presente em toda a América Latina, e então grita "PENTACAMPEÃO" para que todos do continente possam ouvir. O argentino ouve e grita "21 LIBERTADORES"... o mexicano grita "24 CONCACAF"... ao ouvir, um venezuelano fala para o outro: "Um título!!! Um título!!!" e o outro diz: "Miss Universo?".

Propaganda original:

sábado, 4 de abril de 2009

Namore um barrigudinho

Namore um Barrigudinho!
(Palavras de uma psicóloga experiente)

Tenho um conselho valioso para dar aqui: se você acabou de conhecer um rapaz, ficou com ele algumas vezes e já está começando a imaginar o dia do seu casamento e o nome dos seus filhos, pare agora e me escute! Na próxima vez que encontrá-lo, tente disfarçadamente descobrir como é sua barriga.

Se for musculosa, torneada, estilo `tanquinho´, fuja! Comece a correr agora e só pare quando estiver a uma distância segura. É fria, vai por mim. Homem bom de verdade precisa, obrigatoriamente, ostentar uma barriguinha de chopp.

Se não, não presta. Estou me referindo àqueles que, por não colocarem a beleza física acima de tudo (como fazem os malditos metrossexuais), acabaram cultivando uma pancinha adorável. Esses, sim, são pra manter por perto. E eu digo por quê. Você nunca verá um homem barrigudinho tirando a camisa dentro de uma boate e dançando como um idiota, em cima do balcão.

Se fizer isso, é pra fazer graça pra turma e provavelmente será engraçado, mesmo. Já os `tanquinhos´ farão isso esperando que todas as mulheres do recinto caiam de amores - e eu tenho dó das que caem.

Quando sentam em um boteco, numa tarde de calor, adivinha o que os pançudos pedem pra beber? Cerveja! Ou coca-cola, tudo bem também. Mas você nunca os verá pedindo suco.. Ou, pior ainda, um copo com gelo, pra beber a mistura patética de vodka com `clight´ que trouxe de casa.

E você não será informada sobre quantas calorias tem no seu copo de cerveja, porque eles não sabem e nem se importam com essa informação. E no quesito comida, os homens com barriguinha também não deixam a desejar.

Você nunca irá ouvir um ah, amor, `Quarteirão´ é gostoso, ma s você podia provar uma `Mc Salada´ com água de coco. Nunca! Esses homens entendem que, se eles não estão em forma perfeita o tempo todo, você também não precisa estar.

Mais uma vez, repito: não é pra chegar ao exagero total e mamar leite condensado na lata todo dia! Mas uma gordurinha aqui e ali não matará um relacionamento. Se ele souber cozinhar, então, bingo! Encontrou a sorte grande, amiga.

Ele vai fazer pra você todas as delícias que sabe, e nunca torcerá o nariz quando você repetir o prato. Pelo contrário, ficará feliz.

Outra coisa fundamental: homens barrigudinhos são confortáveis! Experimente pegar a tábua de passar roupas e deitar em cima dela. Pois essa é a sensação de se deitar no peito de um musculoso besta. Terrível! Gostoso mesmo é se encaixar no ombro de um fofinho, isso que é conforto.

E na hora de dormir de conchinha, então? Parece que a barriga se encaixa perfeitamente na nossa lombar, e fica sensacional.

Homens com barriga não são metidos, nem prepotentes, nem donos do mundo. Eles sabem conquistar as mulheres por maneiras que excedem a barreira do físico. E eles aprenderam a conversar, a ser bem humorados, a usar o olhar e o sorriso pra conquistar.

É por isso que eu digo que homens com barriguinha sabem fazer uma mulher feliz.

C. MOURA
PSICÓLOGA, ESPECIALISTA EM SEXOLOGIA E TERAPIA DE CASAIS